A Escola Padre Arrupe, em Teresina (PI), inaugurou oficialmente, na manhã do dia 8 de setembro, a sua unidade B, para ofertar o Ensino Fundamental e que apresenta uma moderna arquitetura idealizada para potencializar as aprendizagens aos nossos estudantes, valorizando na qualidade da Educação e também da sustentabilidade do meio ambiente.

A cerimônia contou com a participação de algumas autoridades, desde a comunidade até a Província dos Jesuítas do Brasil, que tiveram momentos dentro da solenidade para parabenizar a escola.

A diretora geral da Escola Padre Arrupe, Dalva Rocha, iniciou agradecendo a presença de todos e contou sobre a importância desta inauguração após dois anos de pandemia.

“Hoje nossa escola deixa sua marca no tempo, pois inaugura oficialmente uma unidade tão sonhada pela comunidade, por educadores e pela Companhia de Jesus. Em 2020, em vista da gravidade da pandemia de Covid-19, não pudemos inaugurar este prédio. Isto, porém, não impediu que abríssemos nossas portas em 2021 para nossos alunos que já fazem uso desses espaços. O sentido de tudo isso são nossos educandos e educandas, é em vista deles que estas paredes foram planejadas e erguidas”, ressalta a diretora.

O provincial da Província dos Jesuítas do Brasil, Padre Mieczyslaw Smyda, ressaltou em seu discurso o grande marco que a Companhia de Jesus trouxe para a cidade de Teresina.

“A razão de estarmos aqui e construirmos qualquer coisa em nome da Educação são as crianças, esta é a primeira e última razão. […] A Companhia de Jesus aqui em Teresina, marcou esta cidade com certeza através das pessoas, não pelas estruturas. As estruturas são consequências para fixar naquilo que inspira, para podermos levar adiante. […] Quero partilhar com vocês que fico muito, muito feliz em podermos inaugurar essa casa mais uma vez, agora oficialmente”, disse o Provincial.

Em seguida, o fundador e assistente espiritual da Escola, Pe. Andrade josé da Silva, SJ, juntamente com o Pe. Smyda, SJ, mediaram o descerramento da placa e Pe. Anselmo Dias, SJ, e a diretora Dalva deram seguimento ao desenlace da fita, que abriu as portas para que os convidados pudessem conhecer toda a estrutura da nova unidade educativa.

Depois da visita às instalações, o evento foi encerrado com um delicioso buffet e a entrega de lembranças, que retratam a cultura piauiense por meio do trabalho do  Polo Cerâmico.

Sobre o novo Prédio

De acordo com o arquiteto Bruno Ronchi, responsável pelo projeto do novo prédio, o espaço vai ao encontro da sustentabilidade nos âmbitos social, econômico e ambiental, seguindo as premissas do Projeto Educativo Comum da RJE. “Nós propusemos um projeto sustentável, convergindo com o apelo da Escola. Para isso, buscamos técnicas antigas de construção, a fim de diminuir o uso de recursos naturais, criando uma arquitetura bioclimática, aproveitando, por exemplo, a orientação solar e dos ventos, com o intuito de diminuir a carga térmica e, consequentemente, o uso de eletricidade nos espaços”, diz Bruno.

Relembre o projeto da Unidade