Uma ação de cuidado com o meio ambiente e que ajuda a transformar vidas. Assim é a parceria entre a Escola Padre Arrupe e os integrantes do Projeto Veredas, que por meio da reciclagem de materiais reaproveitáveis, busca transmitir uma mensagem de conscientização ambiental e de empoderamento social.

De acordo com Ir. Raimundo Barros, o Projeto Veredas foi criado em 2018, como uma iniciativa das instituições jesuítas frente à questão do cuidado com o meio ambiente. O jesuíta, que hoje é Diretor Presidente da Rede Jesuíta de Educação (RJE) e que à época ocupava o cargo de Diretor Corporativo da RJE em Teresina, relembra que a criação do Projeto surgiu por uma demanda vinda da Província dos Jesuítas do Brasil (BRA). “Quando a BRA pediu maior atenção à questão da sustentabilidade, convidou as instituições jesuítas a elaborarem ações com esse foco. A então Plataforma Apostólica Nordeste I, que na época compreendia as comunidades e obras no Piauí e Ceará, por sua vez, definiu uma ação voltada à coleta seletiva e destinação correta dos resíduos. Depois de muito diálogo, um grupo formado por jesuítas e leigos elaborou e apresentou o Projeto Veredas, que além da coleta seletiva e da correta destinação dos resíduos, chama atenção pela questão social que o envolve”, salienta o jesuíta.

O Projeto incentiva grupos de recicladores da capital piauiense a conquistarem não somente uma fonte de renda, mas também a serem agentes de transformação social. Integrante do Projeto Veredas, o senhor Marcone Balica diz que dedica-se há anos ao trabalho de reciclagem de materiais e que o apoio da Escola Padre Arrupe tem sido fundamental para que planejar novos passos em um futuro próximo. “Com a ajuda da Escola tenho conseguido mais materiais, que pretendo acumular e vender diretamente para uma grande siderúrgica, para qual estou me cadastrando atualmente. Esse projeto chegou na hora certa na minha vida”, comenta.

A iniciativa vem abraçando também pais e familiares da comunidade educativa da Escola Padre Arrupe, como Sandra Rodrigues, que é mãe de aluno da instituição de ensino jesuíta. Ela conta que o trabalho que realiza por meio do Projeto Veredas tem sido essencial para garantir o sustento do lar. “O material reciclado representa pra mim uma fonte de renda, porque me dá as condições para levar comida para meus filhos. Ele é o meio da minha sobrevivência e da minha família”, diz Sandra.

Segundo a assistente social da Escola Padre Arrupe, Hildelblane Alves, o Projeto vai ao encontro de uma das dimensões do Projeto Educativo Comum (PEC) da RJE, que destaca a relação da instituição de ensino com as famílias e a comunidade na qual está inserida. “O Projeto Veredas é acolhido por todas as escolas da Rede Jesuíta em Teresina e, em especial, pela Escola Padre Arrupe, que foi escolhida como a obra de referência por estar na periferia da cidade e pela proximidade que tem com os locais de reciclagem, contribuindo com as famílias da região”.

Fonte: Assessoria de Comunicação ASAV

Fotos: Divulgação

Mais notícias

agosto 11th, 2022|0 Comments

Ser um estudante inaciano: horizonte de formação Padre Pedro Arrupe, Superior Geral da Companhia de Jesus entre 1965 e 1983, em sua alocução aos participantes do Simpósio sobre o Ensino Médio intitulado ‘Nossos Colégios Hoje [...]

Homenagem ao Dia das Mães!

maio 9th, 2022|0 Comments

A Escola Padre Arrupe organizou nesta sexta-feira (06), uma programação especial feita com muito amor e carinho, para que todas as mães se sentissem homenageadas por seus filhos. No decorrer da semana, os alunos estiveram [...]